novas tecnologias para a construção civil

Novas tecnologias para a construção civil prometem revolucionar o mercado

As novas tecnologias para a construção civil certamente serão determinantes e poderão revolucionar o mercado em um futuro próximo.

O uso de realidade aumentada, drones, impressões 3D e da internet das coisas são alguns artifícios tecnológicos que devem agregar conhecimento à construção civil, como destacou o site Mãos da Obra.

Novas tecnologias para a construção civil: Realidade aumentada

A realidade aumentada é uma das novas tecnologias para a construção civil, que poderá modificar a forma como as construtoras apresentam os empreendimentos imobiliários para o consumidor final, tanto no momento da compra, como durante a construção propriamente dita.

Na prática, em uma visita ao imóvel, o cliente poderá visualizá-lo com os acabamentos escolhidos através da utilização de óculos 3D. A expectativa do mercado imobiliário é de que proporcionar essa experiência reflita nas vendas.

Novas tecnologias para a construção civil: Drones

Os veículos aéreos não tripulados (VANTs) já têm sido utilizados na construção civil e a tendência é de que esse uso cresça nos próximos anos. Eles são úteis porque podem chegar a regiões de altas atitudes e lugares de difícil acesso.

Além disso, os drones permitem a visualização do andamento da obra como um todo, além de auxiliarem na medida de temperatura e a detectar possíveis deficiências do solo onde o empreendimento imobiliário será construído.

Novas tecnologias para a construção civil: Impressões 3D

O acesso às impressões 3D vem sendo cada vez mais facilitado nos últimos anos e em breve essa nova tecnologia deve virar tendência na construção civil. Isso porque ela possibilita a criação de maquetes tridimensionais, com uma estrutura mais próxima do real, facilitando a visualização do cliente que estiver interessado no imóvel.

Novas tecnologias para a construção civil: Internet das coisas

A utilização de softwares para agilizar todos os processos durante a construção de um empreendimento imobiliário já é uma realidade, mas a expectativa é de que os canteiros de obra estejam cada mais conectados, através de uma nova tecnologia para a construção civil, conhecida como internet das coisas.

Os dispositivos conectados na nuvem (cloud computing) e o uso de plataformas atualizadas e organizadas com informações adicionadas em tempo real podem facilitar o planejamento, agilizar a conclusão das obras e reduzir os custos.

Tendências para a Construção Civil no Brasil

Mais do que a tecnologia, a principal tendência para a Construção Civil no Brasil em 2019 está em outra área: a economia. O Índice de Confiança da Construção (ICST), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), subiu 1,5 pontos em outubro de 2018, voltando ao patamar de 2015 e prevendo um aquecimento do mercado nos próximos anos.

PWJ Esquadrias está atenta às novas tendências da construção civil

Sempre conectada com as novas tendências do mercado da construção civil, a PWJ Esquadrias investiu em um novo layout da fábrica, que entrou em operação em março de 2018. Saiba mais sobre como essas mudanças afetaram a produção de esquadrias de alumínio.

tendências para a Construção Civil

Após cinco anos de baixa, tendências para a Construção Civil em 2019 são positivas

Apesar do desaquecimento nos últimos cinco anos e de ter sofrido com a instabilidade política no ano passado, as tendências para a construção civil em 2019 são positivas.

De acordo com pesquisa realizada pelo Sindicato da Indústria da Construção do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o PIB do setor deve crescer 2% em 2019.

Tendências para a Construção Civil em 2019

Os principais fatores que devem impulsionar o crescimento da construção civil em 2019 são a confiança dos consumidores e dos empresários após as eleições, a tendência de inflação e juros sob controle e a redução gradual do nível de desemprego.

De acordo com a análise da coordenadora de estudos da construção da FGV, Ana Maria Castelo, em matéria publicada pelo jornal Estado de Minas, há expectativa de melhora na economia de modo geral, o que tende a elevar os investimentos.

As tendências para a construção civil em 2019 refletem esse cenário positivo, baseadas na capacidade de o governo sinalizar um encaminhamento para a questão fiscal.

O que possibilitaria também a retomada do programa Minha Casa Minha Vida para o setor 1, ou seja, para as pessoas de baixa renda que receberiam subsídios do Tesouro Nacional para terem acesso à moradia.

Tendências para a Construção Civil em 2019: setor imobiliário

A principal expectativa é de que o crescimento do mercado da construção civil seja comandado pelo setor imobiliário, pois já foi possível observar no segundo semestre de 2018 a retomada dos lançamentos de imóveis e a expansão dos financiamentos.

Tendências para a Construção Civil em 2019: infraestrutura

Para o setor de infraestrutura, existe a expectativa de concessões e obras, que deverão se concretizar nos próximos anos.

De acordo com entrevista da economista Ieda Vasconcelos, da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), para o site Buildin, houve uma redução do estoque, o que dá uma perspectiva positiva, e demonstra que é um momento de reação do mercado e de gerar mais empreendimentos.

Tendências para a Construção Civil em 2019: PWJ Esquadrias

Tendo em vista este cenário, empresas fornecedoras de materiais para a construção civil já começaram a se movimentar.

É o caso da PWJ, especialista na produção de esquadrias de alumínio e esquadrias de alto padrão, que realizou uma melhoria no setor fabril para otimizar a produção e pretende atender mais clientes com menor custo em 2019.